Queda nas exportações de petróleo saudita em abril

As exportações de petróleo bruto da Arábia Saudita em abril foram as mais baixas desde junho de 2020, uma vez que continuou a manter a produção bem abaixo da cota da OPEP.

A Arábia Saudita em fevereiro começou a cortar 1 milhão bpd extra de sua produção de petróleo para ajudar a sustentar os preços do petróleo e só começou a desfazer esse corte adicional a partir de maio, quando o mercado se recuperou firmemente da crise do coronavírus.

Sob o acordo de abastecimento entre a OPEP, Rússia e outros aliados, a cota de produção da Arábia Saudita era de 9,12 milhões de bpd.

A operação da refinaria saudita caiu para 2,295 milhões de bpd em abril, enquanto o uso direto para geração de energia aumentou para 407.000 bpd, de acordo com os dados da JODI.

Combinando as exportações, operações de refinaria e números de uso direto, a Arábia Saudita forneceu 8,110 milhões de bpd ao mercado.

Isso está abaixo de sua produção de petróleo bruto de 8,134 milhões b / d no mês, e os dados da JODI mostraram um aumento de estoque de 747.000 barris, ou 24.900 bpd.

O ligeiro aumento nos estoques ocorreu depois que os níveis de estoque encolheram em março, pelo quinto mês consecutivo, ao nível mais baixo desde que a JODI começou a compilar os números em janeiro de 2002.

As exportações de derivados de petróleo do país, incluindo GLP, nafta, combustíveis para motores e aviação, querosene e diesel, aumentaram para 1,216 milhão de bpd de 1,109 milhão de bpd em março, o nível mais baixo desde novembro.

Fonte
SPGlobal
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar