Mercado do petróleo fecha abaixo de US$ 100 nos EUA com preocupações econômicas

O preço do petróleo nos Estados Unidos fechou abaixo de 100 dólares o barril nesta terça-feira, para seu menor patamar em duas semanas, com as perspectivas de demanda pressionadas por lockdowns contra o coronavírus na China e crescentes riscos de recessão, enquanto um dólar forte tornou a commodity mais cara para compradores que usam outras moedas.

O petróleo dos EUA fechou em queda de 3,33 dólares, ou 3,2%, a 99,76 dólares o barril, enquanto o Brent caiu 3,48 dólares, ou 3,28%, a 102,46 dólares o barril.

Ambos os benchmarks caíram pelo segundo dia consecutivo e recuaram mais de 4 dólares o barril no início da terça-feira.

Os principais índices de Wall Street também caíram em negociações voláteis devido a preocupações com o aperto agressivo da política monetária e a desaceleração do crescimento econômico.

No início da sessão, comentários dos ministros de energia saudita e dos Emirados Árabes Unidos impulsionaram o Brent e o WTI em mais de 1 dólar por barril.

“Estes são tempos voláteis, as barras de preços diárias estão superdimensionadas nos dias de hoje”, disse John Kilduff, sócio da Again Capital LLC.

“Como a UE continua hesitando sobre se vai ou não embargar o petróleo russo, isso também muda muito o cálculo em ambas as direções”, acrescentou.

Fonte
MoneyTimes
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar