Integrante da OTAN, Turquia duplica as importações de petróleo russo

A Turquia duplicou as suas importações de petróleo russo este ano, no meio de sanções ocidentais contra a Rússia.

Segundo dados fornecidos na segunda-feira pelo Refinitiv Eikon e citados pela Reuters, Ancara aumentou as importações de crude russo, incluindo os graus Urals e Siberian Light, para além dos 200.000 barris por dia até agora este ano, em comparação com apenas 98.000 no mesmo período de 2021.

O relatório observou que as refinarias turcas Tupras e STAR aumentaram significativamente o seu consumo de petróleo russo, ao mesmo tempo que reduziram as compras de petróleo de qualidade do Mar do Norte, Iraque e África Ocidental.

O comércio entre Ancara e Moscovo aumentou desde a Primavera, à medida que as empresas turcas que não estavam proibidas de negociar com as suas homólogas russas entraram para preencher o vazio criado pelas empresas da União Europeia, que deixaram a Rússia após o início da operação militar da Rússia na Ucrânia.

“A escolha das refinarias turcas era óbvia, uma vez que não têm limites na compra de petróleo russo”, um operador do mercado petrolífero mediterrânico foi citado como tendo dito.

O Presidente russo Vladimir Putin e o seu homólogo turco Recep Tayyip Erdogan reuniram-se no início de Agosto e concordaram em aumentar o volume do comércio bilateral “de uma forma equilibrada”, bem como comprometeram-se a tomar medidas concretas para aumentar a colaboração nos transportes, agricultura, indústria, finanças, turismo e construção.

Fonte
Brasil247
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar