Vendas de combustíveis crescem 4,1% no 1º bimestre com impulso da gasolina

As vendas de combustíveis por distribuidoras no Brasil cresceram 4,1% no primeiro bimestre ante o mesmo período do ano passado, com impulso da demanda por gasolina, enquanto as vendas de diesel recuaram, apontaram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta quarta-feira.

No acumulado dos primeiros dois meses do ano, as vendas de combustíveis somaram 22,5 bilhões de litros, contra 21,6 bilhões um ano antes.

Em fevereiro, as vendas cresceram 2,9% ante um ano antes e avançaram 1,45% em relação a janeiro, para 11,3 bilhões de litros, mostraram os dados.

A comercialização de gasolina pelas distribuidoras cresceu 14,4% no bimestre ante o mesmo período do ano passado, para 7,5 bilhões de litros. Em fevereiro, as vendas do combustível somaram 3,8 bilhões de litros, alta de 14% ante um ano antes e avanço de 0,9% em relação a janeiro.

Já as vendas de etanol hidratado, concorrente direto da gasolina nas bombas, caiu 0,8% no primeiro bimestre, ante o mesmo período de 2022, para 2,2 bilhões de litros.

As vendas de diesel, combustível mais comercializado do país, caíram 2,3% em janeiro e fevereiro versus um ano antes, para 9,3 bilhões de litros.

Fonte
MoneyTimes
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar