Cade aprova operação da Ouro Preto no offshore potiguar

O Cade aprovou, sem restrições, a aquisição pela Ouro Preto Óleo e Gás de 65% da participação da Petrobras nos campos de Pescada, Arabaiana e Dentão, em águas rasas da Bacia Potiguar, no Rio Grande do Norte. A operação, avaliada em US$ 1,5 milhão, foi anunciada pela estatal em julho. O valor será pago em duas parcelas, sendo a primeira de US$ 300 mil na assinatura do contrato e US$ 1,2 milhão, no fechamento transação.

A Ouro Preto já possuía 35% de participação nos projetos, que produziram no primeiro semestre de 2020 algo em torno de 260 barris de óleo por dia (bpd) e 190 mil m3/dia de gás.

As áreas foram duramente afetadas com a baixa dos preços do petróleo e tiveram produção paralisada por conta da baixa demande causa pela covid-19.

Fonte
EPBR
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar