Biodiesel ficou 1% mais caro na 6ª semana de 2022

O biodiesel ficou mais caro na semana passada. Segundo dados divulgados hoje (11) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), os valores praticados nos negócios entre fabricantes e distribuidores ficaram – em média – em R$ 6.578,00 por cada metro cúbico durante o período entre 31 de janeiro e 06 de fevereiro.

Este preço é cerca de 1% maior do que o mais recente para o período anterior que –após ligeira revisão – ficou em R$ 6.517,66. O aumento constatado pela ANP, vai na direção contrária ao do Indexador BiodieselBR que, o mesmo período, caiu cerca de 1,1% fechando a semana em R$ 6.298,45 por m³.

A diferença entre os ambos os indicadores que, na semana anterior, estava em R$ 145,26 se ampliou para R$ 279,55. Esse vão equivale a 4,4%.

Desde que a ANP passou a acompanhar semanalmente os preços do biodiesel no começo deste ano, o produto ficou ligeiramente mais caro. Depois de algumas correções, o m³ do produto no período entre 03 e 09 de janeiro se estabilizou em R$ 6.502,60 – cerca de 1,1% menos do que o número mais recente.

Fonte
BiodieselBR
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar