Biden diz que o preço do petróleo cairia se as petrolíferas investissem os seus lucros

Opresidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou esta quinta-feira que o preço do petróleo cairia se as companhias petrolíferas do seu país investissem os lucros históricos que estão a obter no setor.

“Se as companhias petrolíferas estivessem a investir os lucros históricos que estão a obter com as suas operações, os EUA estariam a produzir mais petróleo hoje e os preços cairiam ainda mais”, declarou o presidente democrata na rede social Twitter.

Biden disse que, “em vez de dar uma folga aos norte-americanos, (as companhias petrolíferas) estão a devolver os seus lucros excedentes aos acionistas e executivos”.

Numa mensagem anterior, o presidente norte-americano lembrou que “durante a maior parte do século XX os Estados Unidos lideraram o mundo”.

“Porque investimos em nós mesmos. Com o tempo, parámos e os nossos adversários foram diminuindo a distância”.

“Com os nossos investimentos em infraestruturas e empregos bem remunerados, estamos a recuperar o ímpeto e nossa vantagem competitiva”, sublinhou Biden.

Esta não é a primeira vez que Biden se refere aos altos preços que o petróleo bruto está a atingir nos Estados Unidos na sequência da crise energética, que gerou um forte efeito inflacionário.

Em 31 de outubro, o chefe de Estado norte-americano avançou a possibilidade de as petrolíferas terem de pagar um imposto especial pelos benefícios inesperados que estão a obter se não aumentarem a produção nacional para que os preços da gasolina caiam.

“Porque não querem fazer isso? Têm a oportunidade de fazer isso, preços mais baixos para o consumidor na bomba de gasolina, mas se não o fizerem terão de pagar um imposto mais alto sobre os seus lucros excedentes e enfrentar outras restrições”, declarou Biden num discurso da Casa Branca.

O presidente norte-americano também disse que já está a trabalhar com os legisladores no Congresso para avaliar essas opções.

Fonte
DN
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar