Preço do petróleo sobe mais de 1% com riscos na oferta do Iraque e estoques dos EUA

Os preços do petróleo subiram mais de 1% nesta quinta-feira, apoiados por menores estoques dos Estados Unidos e uma interrupção nas exportações da região iraquiana do Curdistão, que compensaram a pressão de um corte menor do que o esperado na oferta russa.

Os futuros do Brent subiram 0,99 dólar, ou 1,3%, para 79,27 dólares o barril. O petróleo dos EUA (WTI) subiu 1,40 dólar, ou 1,9%, para 74,37 dólares.

Apoiando os preços, os produtores fecharam ou reduziram a produção em vários campos de petróleo na região semiautônoma do Curdistão, no norte do Iraque, após a interrupção do oleoduto de exportação do norte. Mais interrupções estão no horizonte.

O Iraque foi forçado a interromper cerca de 450 mil barris por dia (bpd) de exportações de petróleo bruto, ou 0,5% do suprimento global de petróleo, da região do Curdistão (KRI), no sábado.

Também apoiando os preços houve um relatório de quarta-feira da Administração de Informação de Energia dos EUA (AIE) informando que os estoques de petróleo bruto norte-americano caíram inesperadamente na semana até 24 de março para uma mínima de dois anos.

Esses fatores compensaram o sentimento baixista após um corte abaixo do esperado na produção de petróleo bruto da Rússia nas três primeiras semanas de março.

Fonte
MoneyTimes
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar