Demanda para armazenar excesso de diesel no mar aumenta rápido

Grandes operadores de petróleo estão correndo para contratar petroleiros com o objetivo de estocar o excesso de petróleo refinado como diesel e combustível de aviação nos oceanos do mundo.

O interesse no armazenamento flutuante de combustíveis, um dos sinais mais claros de excesso de oferta, será visto com preocupação por muitas das refinarias de petróleo do mundo – especialmente as da Europa – que estão lidando com o pior mercado em anos para os dois produtos devido ao efeito negativo que a pandemia teve na demanda.

A Torm A/S, quinta maior proprietária de petroleiros do mundo, diz que os pedidos de armazenamento estão aumentando, enquanto as empresas que analisam os movimentos dos petroleiros afirmam que a quantidade de combustível retido no mar está subindo. Glencore, Vitol e Mabanaft reservaram navios-tanque para armazenar combustíveis.

O Grupo Trafigura contratou cerca de 12 superpetroleiros na semana passada para possível armazenamento. A maioria era para petróleo, mas alguns eram para combustíveis.

“A demanda europeia está sendo pressionada pela ameaça de uma segunda onda de Covid-19 em todo o continente”, disse Jay Maroo, analista sênior de mercado da Vortexa. “O interesse por armazenamento flutuante a diesel parece prestes a aumentar.”

Fonte
Bloomberg
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar