MercadoNotícias
Tendência

Angola atrai supermajors globais com rodada de licenciamento de seis anos

A rodada de licenciamento de seis anos, lançada pela concessionária nacional de Angola – a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG) – tem sido um pilar na estratégia do país para atrair e garantir investimentos substanciais em seu setor de petróleo e gás. A ANPG tem feito grandes avanços para atrair investimento estrangeiro em exploração e produção, alinhado com os objetivos nacionais de estimular a produção de petróleo e impulsionar o crescimento econômico a longo prazo.

Desenvolvimentos recentes na indústria sublinham o impacto da reforma e promoção da licença. Em janeiro de 2024, a ANPG concluiu a rodada de licenciamento do país de 2023, onde 12 blocos estavam disponíveis nas bacias do Baixo Congo e Kwanza. O regulador anunciou que 53 propostas foram submetidas, demonstrando a escala de interesse na área do país.

Olhando para o futuro, a ANPG está se preparando para a próxima rodada da iniciativa de licenciamento, que se espera que estimule ainda mais os investimentos e parcerias, oferecendo mais oportunidades para as partes interessadas capitalizarem as reservas comprovadas de Angola. A rodada, que contará com 10 blocos nas bacias de Kwanza e Benguela, será lançada em 2025.

Adaptado Diesel Economics | 16 de junho de 2024

Fonte
World Oil
Etiquetas
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar