Vendas de diesel se sustentam no campo positivo em julho

Mesmo que não seja a recuperação vigorosa que todos gostariam de estar vendo, as vendas de óleo diesel no Brasil fecharam mais uma vez no azul na comparação anual – pelo segundo mês seguido. Em julho, as distribuidoras movimentaram 5,23 bilhões de litros do derivado. Esse volume é cerca de 0,8% maior do que o apurado no mesmo período de 2019.

O mercado já tinha trocado o vermelho pelo azul em junho quando as vendas do derivado mais consumido pelos brasileiros tiveram uma expansão de 0,9%. Embora modesta, ela vinha depois de duas contrações relevantes – -13,9% e -9,1% – verificadas na esteira da chegada da pandemia da Covid-19 ao país.

A virada do mês passado mostra que o diesel vem reagindo bem melhor e mais rapidamente do que outros segmentos do mercado de combustíveis. Entre os combustíveis do ciclo Otto, por exemplo, julho foi quinto mês seguido no vermelho. Na comparação anual a queda foi de quase 11,8% a menos em vendas com 4,59 bilhões movimentados – 1,51 bilhão de litros de etanol e 2,98 bilhões de litros de gasolina. O mercado como um todo teve recuo de 8,2%, um pouco pior que os 8% de junho.

Fonte
BiodieselBR
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar