Transporte acelera no trimestre mesmo com o aumento do óleo diesel

O aumento acumulado de 22,6% no valor do óleo diesel impactou os custos de transportadoras e motoristas autônomos, mas não atrapalhou a retomada do transporte de cargas no país com a normalização das atividades econômicas no início deste ano. Na ponta do lápis, dados da Empresa de Planejamento e Logística (EPL) mostram que, no primeiro trimestre deste ano, o consumo de diesel no transporte de cargas no país somou 12,06 bilhões de litros. Considerando um valor médio de R$ 5,497 pago pelo litro do diesel em 1º de janeiro nos postos do país, o abastecimento de frota de carga custava R$ 62,29 bilhões no início do ano, enquanto em 31 de março, com o diesel a um valor médio de R$ 6,518 por litro, o gasto com combustível no transporte de cargas subiu para R$ 78,61 bilhões, uma diferença para mais de R$ 16,32 bilhões.

Fonte
EstadodeMinas
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar