Representantes da OPEP optam por reunião em maio

Os representantes que controlam o cartel de petróleo Opep+ adiaram uma reunião de dois dias marcada para terça-feira (27) para o final de maio, deixando intacta a decisão anterior de flexibilizar os cortes de produção, apesar da catástrofe da Covid na Índia, o terceiro maior importador de petróleo.

A Opep+, de 23 membros, compreende os 13 membros originais da Opep, ou Organização dos Países Exportadores de Petróleo, liderados pela Arábia Saudita, e 10 outras nações produtoras de petróleo comandadas pela Rússia.

O grupo anunciou no início deste mês seu primeiro aumento significativo na produção em um ano, depois de reter pelo menos 7 milhões de barris por dia na produção desde abril de 2020.

A Opep+ disse que bombeará 350.000 barris adicionais por dia em maio e junho, e mais 400.000 barris diários em julho.

O comitê viu o fornecimento de petróleo cair 1,2 milhão de barris por dia e a demanda aumentar 6 milhões de barris por dia em 2021, disseram os relatórios.

Fonte
SpaceMoney
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar