Petróleo fecha em queda, com investidores refletindo preocupação com demanda

Os contratos futuros de petróleo caíram nesta segunda-feira (22), decorrente aos temores agora renovados que haverá uma desaceleração econômica mundial, com o risco de prejudicar a demanda pela commodity.

Já em relação a oferta, segue no radar o avanço das discussões para reavivar o acordo nuclear com o Irã.

O petróleo WTI para outubro, contrato mais líquido, fechou em queda de 0,09% (US$ 0,08), a US$ 90,36 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex). Já o Brent, na Intercontinental Exchange (ICE), para o mesmo mês caiu 0,25% (US$ 0,24), a US$ 96,48 o barril.

A queda do petróleo passou de 3%, após sinais de avanços em conversas para a retomada do acordo nuclear de potências econômicas com o Irã. Os países signatários do acordo com o Irã sobre política nuclear podem realizar uma reunião “esta semana” para reviver esse entendimento, disse na o chefe de política externa da União Europeia, Josep Borrell.

De acordo com ele, as partes do acordo haviam programado uma reunião em Viena no final da semana passada, mas não foi possível. É possível que ocorra nesta semana.

Por outro lado, o Irã confirmou que ainda não recebeu uma resposta dos Estados Unidos, culpando Washington por sua inação. “O que importa até agora é a procrastinação do lado americano em oferecer uma resposta”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores Nasser Kanani a repórteres nesta segunda.

Fonte
Suno
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar