Petróleo encerra sessão com ganhos, com bom humor internacional

O petróleo avançou nesta terça-feira (19), em sessão que terminou positiva após os contratos no mercado futuro chegarem a operar em baixa, ao redor de 2%, em Nova York e Londres.

O apetite por risco nos mercados globais ajudou o óleo a se firmar em alta no começo da tarde. A queda do dólar ante moedas fortes, como o euro e a libra, também apoiou a commodity, uma vez que a torna mais barata e atraente a operadores que negociam com outras divisas.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do petróleo WTI com entrega prevista para setembro fechou em alta de 1,33% (US$ 1,32), a US$ 100,74, e o do petróleo Brent para o mesmo mês subiu 1,02% na Intercontinental Exchange (ICE), a US$ 107,35.

“Os preços foram impulsionados pelo dólar mais fraco e pelo melhor sentimento do mercado em geral”, resume o Commerzbank, em relatório enviado a clientes.

Segundo o banco alemão, há ainda o panorama de contínuo aperto da oferta global, após os EUA não receberem sinais claros de que a Arábia Saudita vá aumentar sua produção, após a viagem do presidente Joe Biden ao país.

Neste contexto, notícias que indicam retomada da produção da Líbia a patamares normais não têm pesado sobre os preços, diz o Commerzbank.

Por lá, a petroleira estatal prevê aumento de 1,2 milhão de barris por dia (bpd) em sua oferta na próxima semana, após a troca de comanda na empresa abrir caminho para um acordo com protestantes, o que permite a retomada plena das atividades.

Fonte
Suno
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar