Petrobras confirma que Ultrapar, Raízen e Sinopec disputam Repar

A Petrobras confirmou nesta nesta segunda-feira (21/9) que a Ultrapar Participações, consórcio liderado pela Raízen e a Sinopec disputam a  etapa vinculante para aquisição da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar). A empresa recebeu duas propostas com valores próximos e fará uma nova rodada de recebimento de propostas vinculantes.

“A Petrobras esclarece que a Sistemática de Desinvestimentos prevê somente a divulgação ao mercado das seguintes etapas do processo: teaser, início da fase não vinculante, início da fase vinculante, celebração de acordo de exclusividade (quando aplicável), signing e closing“, afirmou a empresa em nota.

O projeto faz parte da carteira de desinvestimentos da Petrobras. Ao todo, a empresa pretende vender oito unidades – seis refinarias, a planta de lubrificantes do Ceará (Lubnor) e fábrica de processamento de xisto no Paraná (SIX). Expectativa é receber propostas este ano e concluir as operações em 2021.

Em julho, a Mubadala Investment Company apresentou a melhor proposta pela aquisição da Refinaria Landulpho Alves (RLAM). A Petrobras informou nesta quinta (9/7) que o Conselho de Administração da empresa aprovou o início da fase de negociação dos contratos aplicáveis com o fundo soberano de Abu Dhabi.

Fonte
EPBR
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar