Perdas dos EUA com petróleo, causadas pelo furacão Ida, estão entre as piores em 16 anos

Os estragos causados pelo Furacão Ida à infraestrutura de produção de energia offshore dos Estados Unidos foram os mais dispendiosos desde que furacões sucessivos em 2005 interromperam a produção por meses, de acordo com os últimos dados e registros históricos.

Os ventos de 240 quilômetros por hora do Ida cortaram a maior parte da produção offshore de petróleo e gás por mais de uma semana e danificaram plataformas e instalações de suporte onshore. Cerca de 79% da produção offshore de petróleo permanece fechada e 79 plataformas de produção estão desocupadas desde que a tempestade chegou ao continente no dia 29 de agosto.

Um acúmulo de 17,5 milhões de barris de petróleo foi perdido para o mercado, e os fechamentos devem durar mais algumas semanas. O Ida pode cortar a produção total norte-americana em 20 milhões de barris, para 30 milhões de barris, de acordo com analistas de energia.

Fonte
MoneyTimes
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar