Paraguai quer substituir diesel importado por biodiesel

O vice-ministro do Comércio e Serviços do Ministério da Indústria e Comércio do Paraguai (MIC), Pedro Mancuello, anunciou que o óleo diesel importado para uso em veículos poderá ser substituído por um biodiesel de alta qualidade, feito localmente com óleo vegetal e hidrogênio, até 2024.

Essa previsão, conforme especificado por Mancuello, faz parte dos planos e alternativas que o Paraguai tem a médio e longo prazo, para substituir a dependência de combustíveis não renováveis, derivados do petróleo. “Temos que criar mais incentivos e transformar o transporte público precário em um movido a energia renovável, usando nossa energia elétrica disponível e outras tecnologias, para não depender do petróleo e proteger o meio ambiente”, disse.

Com a alta dos preços internacionais do petróleo, provocada principalmente pela guerra entre Rússia e Ucrânia, vários países latino-americanos estão sendo obrigados a adotar medidas emergenciais para mitigar o repasse do preço da commodity para os bolsos dos consumidores finais. “O Paraguai já está em processo de fabricação de um combustível chamado Green Diesel, ou HVO, que é um substituto direto do diesel de petróleo”, acrescentou Mancuello, referindo-se ao biocombustível produzido a partir da soja.

“No início, o custo do Green Diesel era mais alto (há alguns anos), mas com os custos do petróleo agora, acho que estão se igualando. Atualmente, podemos alimentar toda a frota de transporte público, diretamente com diesel e evitar até 85% das emissões de carbono desse setor. Isso pode servir para certificar a emissão evitada e, dessa forma, com esse crédito de captura de carbono, financiar a mudança na matriz energética”, concluiu.

Fonte
BiodieselBR
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar