Mercado só vê petróleo acima de US$ 50 em 2021

O preço do barril de petróleo deve voltar a superar a marca dos US$ 50 apenas ao término de 2021, afirmaram analistas em evento on-line sobre commodities, promovido pelo jornal “Financial Times”.

Especialistas da WoodMackenzie, Andurand Capital e Trafigura projetam que, até o fim do próximo ano, a demanda global de petróleo esteja perto dos 100 milhões de barris por dia — em cenário com a existência de vacina contra covid-19 e que pode ser afetado por novas ondas de contaminação nos próximos meses.

Dados da Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) apontam que o consumo mundial hoje está em 91,7 milhões, menor nível desde 2013.

“Trabalhamos com a hipótese de vacinação ao fim do primeiro trimestre de 2021. Isto levaria a demanda por combustíveis aéreos de volta aos níveis de 2019 somente em 2023. Por enquanto, o crescimento do consumo destes combustíveis virá principalmente da China, em voos domésticos”, afirmou Ann-Louise Hittle, vice-presidente de pesquisa da consultoria WoodMackenzie.

Fonte
Valor Investe
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar