Governo confirma redução da mistura para B10 no Leilão 79

O governo federal vai mesmo reduzir a adição obrigatória de biodiesel no óleo diesel mineral de 13% para 10% durante o terceiro bimestre. A decisão foi confirmada na tarde desta sexta-feira (09) por meio de uma nota conjunta dos ministérios de Minas e Energia (MME) e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O anúncio já era esperado pelo setor. Essa será a quarta vez que o governo faz uso de sua prerrogativa de reduzir a mistura.

Esse anúncio coloca fim a um impasse que havia sido iniciado nessa terça-feira (06) quando o 79º Leilão de Biodiesel (L79) teve suas negociações suspensas por ordem do MME menos de meia hora depois de sua abertura.

Embora essa informação não tenha sido oficialmente confirmada – a nota de hoje adota uma linguagem bastante oblíqua nesse ponto –, o governo federal está insatisfeito com os preços do biodiesel. Quando o L79 foi suspendo, o preço médio do produto estava em R$ 7.028,51 por m³.

Antes, o biodiesel mais caro da história havia sido registrado no L76 quando o preço médio ficou em R$ 5.576,74.

Brasília temia que o impacto que essa alta poderia ter no preço final do óleo diesel nas bombas justamente num momento em que a decreto que zerou os impostos federais sobre o combustível perde o efeito pudesse alimentar ainda mais a insatisfação entre grupos de caminhoneiros e levar a uma nova paralização nacional da categoria como a acontecida em 2018.

B10 prevaleceu

Nessa última quarta-feira (09) uma reunião emergencial entre representes do governo e da cadeia de combustíveis chegou a ser convocada para debater o caminho a ser adotado. Segundo relatos ouvidos por BiodieselBR.com, uma redução temporária da mistura já era tratada como a solução mais viável.

Naquele encontro representantes do governo já falavam em B10 enquanto as usinas resistiam tentavam convencer que um B11 já seria bastante para segurar os preços.

Esse já é a quarta vez que o governo corta a mistura obrigatória. Nas outras três vezes, no entanto, a medida foi tomada para reduzir o risco de desabastecimento do mercado. Todas elas aconteceram no ano passado – no L72, L75 e L76 – quando a oferta de óleo de soja ficou particularmente apertada no mercado interno.

Essa será a primeira vez que o governo determina um corte é exclusivamente por causa do preço.

Leilão 79

Não está claro como acontecerá a retomada do Leilão 79. A nota dos ministério não sinaliza uma data para o reinício do certame e nem se ele será retomado do ponto em que parou ou tudo começará do zero. 

Até a publicação deste texto, nenhuma informação complementar havia sido publicada no site da ANP. 

Fonte
BiodieselBR
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar