Entregas de biodiesel atingem melhor marca em cinco bimestre

As entregas do setor continuam se recuperando do mau desempenho que tiveram no ano passado. Os números reportados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) dão conta que no terceiro bimestre de 2021 – período de vigência do L79 – um pouco mais de 96,2% de todo o produto que foi negociado durante o certame saiu das instalações dos fabricantes com destino aos compradores.

Esse percentual é o maior desde o quarto bimestre do ano passado quando, somadas as entregas tanto do leilão regular e quanto do complementar, o mercado apresentou performance de 97,1%. Depois disso, os resultados apresentaram uma piora relevante, o que levou para o mercado para os fracos 91,3% no sexto bimestre de 2020 – resultado de compras excessivamente otimistas das distribuidoras no L76. Desde então, o mercado vem se recuperando.

Mesmo que o resultado de maio não tenha sido dos piores com performance de aproximadamente 94,2% do volume esperado, em junho houve uma melhoria notável. Dos 514,7 mil m³ esperados, 506,6 – 98,4% – saíram de fato das usinas de biodiesel.

Fonte
BiodieselBR
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar