Diesel sobe 5% com fim da desoneração; Bolsonaro fala em novo corte de preço da Petrobras

O preço médio do diesel nos postos registrou forte alta na semana passada, a primeira desde o fim de uma isenção de impostos federais sobre o combustível, mostra pesquisa da ANP.

O preço nas bombas disparou 5% em relação à semana anterior, atingindo média de R$ 4,405 por litro. Em 1º de maio foi encerrada a desoneração de dois meses dos tributos federais sobre o diesel A (sem a mistura com biodiesel).

Também começaram a ser entregues os volumes de biodiesel contratados em abril; o leilão chegou a ser interrompido para redução da mistura obrigatória, de 13% para 10%, em razão dos preços.

A desoneração foi determinada por Jair Bolsonaro. Para compensar a despesa, que inclui o desconto permanente dos tributos federais para o GLP, o Ministério da Economia decidiu pelo fim do regime especial da indústria química (Reiq); aumento da tributação do setor financeiro; e imposição de teto no valor de veículos vendidos para pessoas com deficiência.

Fonte
epbr
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar