Brasil quebra recorde de produção de petróleo e gás pelo 2º mês seguido

Em outubro, o Brasil registrou recorde de produção nacional de petróleo e gás natural pelo segundo mês seguido. Os dados são do governo federal.

A produção foi 3% maior que a de setembro. Nos dois meses, o resultado brasileiro ficou em pouco mais de 4 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/dia), de acordo com o painel da Agência Nacional de Petróleo e Gás Natural. Anteriormente, a marca ocorreu apenas em janeiro de 2020.

Em outubro, a média de produção diária do Brasil ficou em pouco mais de 3 milhões de barris de petróleo e quase 150 milhões de metros cúbicos de gás. Por volta de 75% desse resultado veio do pré-sal. As plataformas P-77, FPSO Guanabara e FPSO Pioneiro de Libra impulsionaram o aumento.

Somando todo o mês de outubro, a extração chegou a praticamente a 130 milhões de boe. Foram 100 milhões de barris de petróleo e 4,6 bilhões de metros cúbicos de gás.

Ao longo do ano, entre janeiro e outubro, o Brasil produziu 1,2 bilhão de boe. Já são quase 1 bilhão de barris de petróleo e 42 milhões de metros cúbicos de gás.

Fonte
RevistaOeste
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar