Brasil fabricou 408,6 mil m³ de biodiesel a menos no 1S

Está mesmo sendo um ano sofrível para a indústria brasileira de biodiesel. Segundo os dados mais recentes divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a produção reportada pelas usinas no mês de junho ficou em 508,6 mil m³. Este volume está cerca de 3,6% abaixo do registrado no mesmo período do ano passado, mantendo inalterada a série de resultados negativos que o setor vem apresentando ao longo de todo o primeiro semestre.

O que torna o número mais desanimador, vem do fato de que a comparação não é mais entre meses de misturas diferentes.
Até abril, as comparações eram feitas entre meses de B12 ou B13 (2021) com meses de B10 (2022) o que fornecia uma justificava para a queda. Desde maio, no entanto, essa variável está equalizada. O mercado de diesel, no entanto, está se saindo razoavelmente bem. Segundo dados do painel dinâmico do mercado de combustíveis da ANP, as vendas de diesel no 1º semestre (1S) cresceram 2,7% somando 30,5 milhões de m³. Esse é um fator que deveria puxar a atividade das usinas para cima.

Fonte
BiodieselBR
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar